Pesquisadora: Sintieli Borges Ferreira

 

Pesquisadora: Sintieli Borges Ferreira

Orientadora: Dalva Paulus

Título do Projeto de Pesquisa: AVALIAÇÃO DO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DE Ocimum basilicum e Ocimum citrodorum EM MALHAS COLORIDAS.

Descrição:

A flora brasileira é a mais extensa e diversificada em espécies, de número superior a 55 mil espécies descritas, o que corresponde a 22% do total mundial.Em sua maioriaé constituída por plantas com propriedades terapêuticas, existindo muitos princípios ativos já identificados nas ervas nativas. (MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE, 2002).

Os produtos derivados de plantas medicinais detêm uma importante parcela do mercado mundial, 14 bilhões de um total estimado de 280 bilhões de dólares (CARVALHO et al., 2007).

Atualmente, as plantas representam uma valiosa fonte de metabólitos secundários, os quais são utilizados como aromatizantes, fitoterápicos, flavorizantes, e principalmente pela indústria farmacêutica e alimentícia (RAO & RAVISHANKAR, 2002).

Entre as ervas medicinais a espécie Ocimum possui maior importância econômica para o Brasil na obtenção de óleo essencial, sendo seu consumo tanto para o processamento industrial quanto in natura.

O manjericão (Ocimumbasilicum L.) planta herbácea anual ou perene bastante ramificado,pertence à família Lamiaceae,e é rico em óleos essenciais. (Embrapa, 2001).

Essa espécie é comercialmente cultivada para utilização de suas folhas verdes e aromáticas, usadas frescas ou secas na culinária para tempero ou fins decorativos.

Como planta medicinal, age contra problemas nas vias respiratórias e melhora a digestão dos alimentosdevido a suacaracterística expectorante,estimulante, e carminativa (LORENZI e MATOS, 2002).

Por possuir propriedade inseticida, antimicrobiana e repelentetêm sido utilizado na conservação de grãos. (FERNANDES, 2004)

A espécie Ocimum, além de possuir propriedades fitoterápicas, também apresenta valor como planta aromática produtora de óleo essencial o que justifica o grande interesse das indústrias farmacêuticas.

Os óleos essenciais são empregados nas indústrias de cosméticos; como base para cremes, sabonetes e perfumes, na indústria alimentícia como incrementadores de sabor e aroma e como medicamentos sedativos, antissépticos, analgésicos, estimulantes e expectorantes (GERMER, 1989).

O óleo essencial de manjericão (Ocimumbasilicum) possui alta concentração de linalol e é muito valorizado no mercado internacional, demostrando ser uma ótima oportunidade de investimentopara agricultores e possibilidade de geração de renda. (MORAIS,2006)

A produtividade vegetal, assim como a produção de óleo essencial, é influenciada por fatores bióticos e abióticos. Dentre eles, o nível de sombreamento, pois o nível de radiação que chega até a cultura está relacionadoà produção de metabólitos secundários, e a formação destes ocorre a partir de rotas bioquímicas originadas no metabolismo primário.

A resposta das plantas à luz inclui diferentes adaptações fisiológicas e bioquímicas, traduzidas em alterações na taxa de crescimento, características morfológicas e arquitetura da planta (Peralta et al. 2002).

Sob níveis diferentes de sombreamento e irradiância as mudas de manjericão apresentam menores valores de área foliar, altura, peso,intensa redução da fotossíntese e da produção de extratos vegetais, especialmente eugenol e linalol (Chang et al., 2008).

O conhecimento da biologia das espécies condimentares e medicinais é fundamental para permitir seu estabelecimento no campo.

Nos dias atuais, os estudos relacionados ao manjericão direcionam-se a identificação dos componentes químicos, apenas alguns trabalhos são desenvolvidos sobre o cultivo desta espécie.

Neste contexto, estudos sobre o efeito de malhas coloridas no crescimento, produção e qualidade de óleo essencial em variedades de manjericão Ocimumbasilicum e Ocimumcitriodorum são de grande importância para o produtor de plantas medicinais.

Referências

MMA- MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. BIODIVERSIDADE BRASILEIRA -AVALIAÇÃO e identificação de áreas e ações prioritárias para a conservação, utilização sustentável e repartição dos benefícios da biodiversidade nos biomas brasileiros.  Brasília: MMA/SBF, 2002. 404 p

CARVALHO, A C. B. et al. Aspectos da legislação no controle dos medicamentos fitoterápicos. T & C Amazônia, v. 5, n. 11, p.1-7, 2007.

CHANG, X.; ALDERSON, P.G.; WRIGHT, C.J. Solar irradiance level alters the growth of basil (Ocimum basilicum L.) and its content of volatile oils. Environmental and Experimental Botany, v.63, n.2, p.216- 23, 2008.

Embrapa. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Manjericão: Ocimum basilicum L. Embrapa Hortaliças: Rondônia, 2001 (Série: “Plantas Medicinais” do Subprojeto de horto-matriz de plantas medicinais em Porto Velho – Rondônia).

FERNANDES, P. C.;TEIXEIRA, J. P, F.; FURLANI, P. R.; MARQUES, M.O.M. Cultivo de manjericão em hidroponia e em diferentes substratos sob ambiente protegido.Horticultura Brasileira, Brasília v22, n.2, p.260-264, abr/jun.2004.

GERMER,S. P. M.Extração do óleo essencial de cravo da índia  em leito fixo com dióxido de carbono líquido subscrito. 1989. Dissertação(Mestrado)-Faculdade de Engenharia de Alimentos, Universidade Estadual de Campinas, Unicamp, Campinas-SP,1989.

LORENZI, H; MATOS, F. J. de A. Plantas medicinais do Brasil: nativas e exóticas. Nova Odessa: Instituto Plantarum, 544p, 2002.

MORAES,T.S. Produção e composição do óleo essencial de Manjerição (Ocimum basilicumL.) sob doses de cama de frango. 2006. 38p. Uberlândia:UFU,2006, 38p. Dissertação(Mestrado em Agronomia/Fitotecnia)-Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia.

PERALTA, G. et al. Effects of light availability on growth, architecture and nutrient content of the seagrass Zostera noltii Hornem. Journal of Experimental Marine Biology and Ecology, v.269, p.9-26, 2002.

RAO, S.; RAVISHANKAR, G. A. Plant cell cultures: chemical factories of secondary metabolites.Biotecnology Advances, v. 20, p. 101-153, 2002.

 

voltar para Pesquisa

left fwR tsY uppercase show c15s sbss bds b01n||tsY normalcase fsN left fwR show c10s sbss|sbne b01 bsd c15||image-wrap|news login c05 fwR b01 tsN bsd|b01 c05 normalcase uppercase bsd|b01 c05 bsd|login news b01 c05 normalcase uppercase bsd|c05 normalcase uppercase b01 bsd tsN|b01 normalcase uppercase c05 bsd tsY|content-inner||