Pesquisadora: Larissa Simão

Pesquisadora: Larissa Simão

Orientadora: Dalva Paulus

Titulo do Projeto de Pesquisa: CRESCIMENTO, PRODUÇÃO E COMPOSIÇÃO QUÍMICA DO ÓLEO ESSENCIAL DE MANJERICÃO EM FUNÇÃO DA SAZONALIDADE

Descrição:

No Brasil, o manjericão é cultivado por pequenos produtores rurais para comercialização das folhas verdes e aromáticas, usadas frescas ou secas como aromatizantes, temperos e outros condimentos. Porém, existem algumas regiões do nordeste que o cultivo em maior escala  é voltado para produção de óleo essencial.

Os óleos essenciais são de extrema importância para planta, agem no metabolismo secundário e constituem substâncias voláteis que são de importância para a sobrevivência da planta,As plantas não possuem um sistema locomotor para fugir de seus predadores e inimigos. Desenvolvem defesas físicas os espinhos, mas também defesas químicas, metabólitos secundários o óleo essencial (OE), que além de colaborar na proteção, também favorece a polinização. Óleo essencialdo manjericão pode ser extraído de folhas e ápices que possuam inflorescências, esse processo chamado hidrodestilação para obtenção de linalol. A composição química do óleo essencial apresenta ampla variedade de compostos de interesse industrial, sendo um destes o linanol. O linalol é o óleo responsável pela fixação do perfume Chanel Nº 5® e que tradicionalmente é extraído do pau-rosa (Anibarosaeodora), uma espécie amazônica ameaçada de extinção. A produção de linalol a partir de óleo essencial de manjericão constitui, portanto, uma alternativa ecologicamente sustentável ao linalol do pau-rosa assim visando  obter moléculas naturais de óleos essenciais proveniente de plantas de lavouras adequadamente conduzidas, sem a necessidade de se extrair predatoriamente a flora nativa. Atualmente esse produto vem ganhando espaço na agricultura devido ásuas propriedade antimicrobianas, inseticidas e repelentes. No caso das espécies medicinais, a época de colheita pode favorecer ou não a produtividade em termos de biomassa e de princípios ativos de interesse para a indústria.

Assim, o objetivo do trabalho é valiar o crescimento, produção e teor de óleo essencial de manjericão em função da sazonalidade e horário de colheita.

O experimento foi realizado na área experimental da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Câmpus de Dois Vizinhos, no Setor de Olericultura As mudas de manjericão (O. basilicumvar.citriodorum)foram produzidas em bandejas de poliestireno expandido, com 128 células , utilizando substrato comercial Mecplant®.

Com a realização deste trabalho serão geradas informações sobre o crescimento, a produção de fitomassa, teor e composição química de óleo essencial de manjericão em diferentes épocas de colheita, permitindo verificar a resposta dessa espécie as condições climáticas do Sudoeste do Paraná.

Geração de tecnologias de produção de manjericão, com alternativas de renda para propriedade familiar.

O projeto conta com o apoio de alunos de iniciação científica e com a colaboração dos professores da UTFPR - Câmpus de Francisco Beltrão, Colégio Politécnico da Universidade Federal de Santa Maria.

 Referências

Embrapa. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Manjericão: Ocimum basilicum L. Embrapa Hortaliças: Rondônia, 2001 (Série: “Plantas Medicinais” do Subprojeto de horto-matriz de plantas medicinais em Porto Velho – Rondônia).

FERNANDES, P. C.;TEIXEIRA, J. P, F.; FURLANI, P. R.; MARQUES, M.O.M. Cultivo de manjericão em hidroponia e em diferentes substratos sob ambiente protegido.Horticultura Brasileira, Brasília v22, n.2, p.260-264, abr/jun.2004.

GERMER,S. P. M.Extração do óleo essencial de cravo da índia em leito fixo com dióxido de carbono líquido subscrito. 1989. Dissertação(Mestrado)-Faculdade de Engenharia de Alimentos, Universidade Estadual de Campinas, Unicamp, Campinas-SP,1989.

 

voltar para Pesquisa

left fwR tsY uppercase show c15s sbss bds b01n||tsY normalcase fsN left fwR show c10s sbss|sbne b01 bsd c15||image-wrap|news login c05 fwR b01 tsN bsd|b01 c05 normalcase uppercase bsd|b01 c05 bsd|login news b01 c05 normalcase uppercase bsd|c05 normalcase uppercase b01 bsd tsN|b01 normalcase uppercase c05 bsd tsY|content-inner||