Cubo mágico ajuda a aprender mais sobre a matemática

Publicado em 25/01/2013 às 14h14


Um dos quebra-cabeças mais populares e difíceis de montar do mundo, o cubo mágico pode ser um bom aliado no ensino da matemática, segundo o engenheiro civil e arquiteto Fabio Bini Graciose, de 29 anos, que há dois anos participa de torneios montando o objeto. O brinquedo possui seis lados subdivididos em nove pequenos quadros. A brincadeira consiste em embaralhar as peças e depois ordená-las igualando as cores de cada face. Para o arquiteto, a atividade ajuda a entender dilemas matemáticos como geometria espacial, análise combinatória, probabilidade, entre outros.

"Para conseguir resolver o enigma do cubo mágico é preciso mexer em poucas peças para não bagunçar as outras. É lógica, é matemática. O cubo tem 43 quintilhões (milhões de milhões de milhões) de combinações possíveis. Em um nível básico, em sete etapas é possível montar. Já no avançado, são apenas quatro passos", conta.

Graciose diz que a prática, ainda, auxilia o desenvolvimento do raciocínio lógico. “A atividade envolve concentração, paciência, melhora a observação, além de tudo é divertida.” O engenheiro aprendeu a montar seu primeiro cubo em 2008, e desde então se tornou colecionador, hoje reúne mais de 1.000 unidades de diferentes modelos e tamanhos.

Disponível em: G1.globo


Enviar comentário

voltar para O que o PET está fazendo

left fwR tsY uppercase show c15s sbss bds b01n||tsY normalcase fsN left fwR show c10s sbss|sbne b01 bsd c15||image-wrap|news login c05 fwR b01 tsN bsd|b01 c05 normalcase uppercase bsd|b01 c05 bsd|login news b01 c05 normalcase uppercase bsd|c05 normalcase uppercase b01 bsd tsN|b01 normalcase uppercase c05 bsd tsY|content-inner||